quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Amar

Queria sim, amar sem tamanho,
Correr pros seus braços no fim do dia.
Esquecer os enganos, os sorrisos estranhos,
Transformar meu medo em alegria.

E no seu corpo, encontrar meu lugar.
Fechar os olhos, e não dormir nem acordar,
Permanecendo eterno neste quieto e infinito instante.
Só assim, ao seu momento pleno, existir como amante.

Passar os tempos, contar os mundos.
Roubar dos sonhos nossos melhores segundos,
Fazer valer, cada detalhe, cada momento.
Não transformar desta vez, o amor em sofrimento.

Queria sim, te ter comigo.
Não te conheço, nem sou teu amigo.
Sou apenas fruta que o tempo esquece,
Sou cor sem tinta,
Sentimento verde que amadurece!




Autor : Thiago Herek

Um comentário:

  1. Você fez esta para alguém especial? Pois parece um pouco real...

    ResponderExcluir